TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Mais de 900 milicianos são presos em 2021 no Rio - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Mais de 900 milicianos são presos em 2021 no Rio

Mas, especialistas alertam que o número, embora seja expressivo, deve ser olhado de forma crítica, já que, muitas vezes, o processo termina em absolvição

Por Mariana Procópio, às 19:22 - 24/11/2021

Por conta do alto poder financeiro das quadrilhas que conseguem pagar bons advogados (Foto: Divulgação)

A polícia do Rio atingiu, nesta semana, a marca de 960 milicianos presos só neste ano. Mas, especialistas alertam que o número, embora seja expressivo, deve ser olhado de forma crítica, já que, muitas vezes, o processo termina em absolvição. Para o perito forense José Ricardo Bandeira, presidente do Instituto de Criminalística, isso acontece, principalmente, por conta do alto poder financeiro das quadrilhas que conseguem pagar bons advogados.

Embora não exista um número consolidado de milicianos soltos depois de presos, há vários exemplos. Entre eles o do ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega, acusado de chefiar o Escritório do Crime e suspeito de envolvimento na morte da veradora Marielle Franco. Ele foi preso três vezes e absolvido em todas as vezes. Adriano da Nóbrega foi morto pela Polícia da Bahia no ano passado. 

Outro exemplo é o de Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, chefe da maior milícia do Rio. Ele chegou a ser preso em 2015. Foi flagrado com duas armas, munição e dinheiro, mas passou menos de um mês na cadeia e saiu pela porta da frente, graças a uma liminar concedida no plantão judiciário. Hoje, é um dos criminosos mais procurados do Rio, condenado a 17 anos de prisão.

NEWSLETTER
OU