TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Morte de Patrícia Amieiro completa 10 anos sem respostas em junho - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Morte de Patrícia Amieiro completa 10 anos sem respostas em junho

A engenheira teve a morte presumida após o carro dela ter sido encontrado com marcas de tiros no elevado do Joá

Por Gustavo Sleman , às 17:29 - 23/05/2018 | Atualizado às 17:29 - 23/05/2018

Patrícia tinha 24 anos (Foto: Reprodução)

Dez anos de silêncio e o vazio de uma família que até hoje não obteve respostas. É difícil descrever a sensação que amigos e parentes de Patrícia Amieiro vivem desde o dia 14 de junho de 2008.

A data marca o desaparecimento da engenheira, então com 24 anos, enquanto voltava de uma festa na Zona Sul para casa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Na época, o carro da jovem foi encontrado com marcas de tiros. Patrícia teve a morte presumível decretada em 2011. Quatro policiais militares são acusados de matar e ocultar o cadáver da vítima.

Para cobrar a realização do julgamento, a família de Patrícia realiza neste sábado (26) um protesto, às 10h, na saída do Elevado do Joá, no sentido Barra.

Em abril, o Superior Tribunal de Justiça negou o último recurso da defesa dos PMs Marcos Paulo Nogueira Maranhão, Willian Luís do Nascimento, Fábio da Silveira Santana e Márcio Oliveira dos Santos.

O juiz Carlos Vianna, da 1ª Vara Criminal, responsável pelo caso, ainda não marcou uma data para o júri popular. Os quatro policiais acusados chegaram a ser presos em 2009, mas conseguiram liberdade.

NEWSLETTER
OU