TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Nenhuma macrorregião de saúde no Brasil apresenta números extremamente elevados de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave - Editoriais - Band News FM

Saúde

Texto:
+
-

Nenhuma macrorregião de saúde no Brasil apresenta números extremamente elevados de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave

É a primeira vez desde o início da pandemia

Por Maurício Bastos, às 17:53 - 14/10/2021

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave correspondem, em sua maioria, a quadros de Covid-19 (Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio)

Pela primeira vez desde o início da pandemia, nenhuma macrorregião de saúde no Brasil apresenta números extremamente elevados de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. A informação faz parte da mais recente edição do boletim Infogripe, divulgada nesta quinta-feira pela Funcação Oswaldo Cruz.

No entanto, ao contrário do que acontece no Norte, estados de todas as outras regiões brasileiras registraram número elevado de casos semanais dentre as crianças até 9 anos de idade.

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave correspondem, em sua maioria, a quadros de Covid-19.

Ainda de acordo com o boletim Infogripe, o cenário brasileiro é considerado estável, mesmo com sinal de crescimento leve nas tendências de longo prazo, que leva em conta as últimas seis semanas, e de curto prazo, que considera as últimas três semanas.

Onze capitais apresentaram sinal de crescimento na tendência de longo prazo; Aracaju, Cuiabá, Fortaleza, Macapá, Maceió, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Salvador e Vitória.

NEWSLETTER
OU