TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Nova edição do 'Passeio pela História' virtual mergulha nas curiosidades dos cinemas históricos do Rio - Editoriais - Band News FM

Cinema

Texto:
+
-

Nova edição do 'Passeio pela História' virtual mergulha nas curiosidades dos cinemas históricos do Rio

No Youtube da rádio você pode ver ou rever a transmissão com o professor Milton Teixeira

Por Gustavo Sleman, às 16:08 - 23/07/2021

00:00 / 00:00

Professor Milton Teixeira na nova edição do 'Passeio pela História' (Foto: Reprodução)

Certa vez o ator e diretor Orson Welles disse que o cinema não tem fronteiras nem limites, sendo assim um fluxo constante de sonho. E realmente, apesar dos serviços de streaming, assistir um filme nas telonas ainda aguça nossa imaginação. 

Mesmo com as recentes medidas de flexibilização, ainda há limitações para frequentar as salas, isso sem contar que ao longo dos anos o Rio acabou perdendo o charme dos cinemas de rua. 

Por causa disso, a nova edição do 'Passeio pela História', com o professor Milton Teixeira, foi uma boa oportunidade de, não só matar a saudade, mas também de conhecer um pouco mais sobre a origem e as curiosidades desses espaços que fazem parte da filmografia da Cidade Maravilhosa.

Realizado de forma virtual, o evento começou com a origem do primeiro cinema no Rio. O historiador também contou detalhes sobre a primeira película gravada por aqui, ainda no século 19.

O Centro do Rio não poderia ficar de fora do roteiro. Cinemas históricos como o Pathé e o Capitólio. O Cine Ideal também foi lembrado. O professor Milton Teixeira destacou a curiosa ligação do prédio com o jornalista Ruy Barbosa e o engenheiro Gustave Eiffel.

Mas quem pensa na relação de Rio de Janeiro com cinema, logo lembra da Cinelândia, região que se tornou um reduto cinematográfico muito graças ao espanhol Francisco Serrador.

Durante o passeio virtual desta sexta-feira (23), o colunista da BandNews FM Milton Teixeira também destacou a história e a memória de grandes cinemas da Zona Sul, como o Americano.

O professor também destacou a memória por trás da trajetória da Praça Saens Pena, na Zona Norte, onde chegaram a existir 12 cinemas.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU