TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
PM recebe doação de combustível suficiente para abastecer mais de mil viaturas por dois meses e meio - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

PM recebe doação de combustível suficiente para abastecer mais de mil viaturas por dois meses e meio

Uma economia de cerca de R$ 3 milhões aos cofres públicos

Por Ryan Lobo, às 19:03 - 01/05/2021

00:00 / 00:00

Batalhões de Duque de Caxias e Jacarepaguá já receberam uma fração dos combustíveis (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

A Polícia Militar vai receber um milhão de litros de etanol e gasolina para abastecer as viaturas. O combustível é fruto de apreensões em operações de combate à sonegação fiscal, realizadas pela Secretaria Estadual de Fazenda do Rio. O material foi recolhido pela pasta em ocorrências onde irregularidades tributárias foram identificadas no fornecimento dos produtos, como ausência de nota fiscal.

Algumas unidades como a Rondas Especiais e Controle de Multidão, e os batalhões de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e Jacarepaguá, na Zona Oeste, já receberam uma fração dos combustíveis. Os outros batalhões vão ser abastecidos de forma gradativa.

A quantidade é suficiente para abastecer cerca de mil viaturas, durante dois meses e meio, o que gera uma economia de cerca de R$ 3 milhões aos cofres públicos. O secretário de Fazenda do Rio, Guilherme Mercês, afirma que até o fim do ano, as fiscalizações devem resultar em cerca de 7 milhões de litros de combustíveis apreendidos.

A liberação dos combustíveis para doação à PM ocorreu após o término de todos os processos administrativos que antecedem o chamado perdimento, penalidade aplicada em caso de crime contra a ordem tributária.

O armazenamento dos produtos apreendidos, e a operação de entrega da doação contam com o apoio do Instituto Combustível Legal.

Segundo a Sefaz, no segundo semestre de 2020, os valores dos autos de infração aumentaram 44% na comparação com os primeiros seis meses do mesmo ano. Já na comparação entre 2019 e 2020, os valores totais mais que dobraram, passando de R$ 125 milhões para R$ 257 milhões.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU