TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Segunda dose: cerca de 230 mil pessoas não voltaram aos postos impactando adoção de novas medidas de flexibilização - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Segunda dose: cerca de 230 mil pessoas não voltaram aos postos impactando adoção de novas medidas de flexibilização

Nesta quarta-feira (27), a Prefeitura do Rio liberou o funcionamento de boates, casas de show e pista de dança, com 50% da capacidade

Por Francini Augusto, às 12:36 - 27/10/2021

00:00 / 00:00

Atualmente, o município já ultrapassa a marca de 65% da população total vacinada (Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio)

Mesmo com a maior parte da população total do Rio imunizada com as duas doses da vacina contra a Covid-19, algumas medidas de flexibilização na cidade podem atrasar, já que 230 mil pessoas não voltaram aos postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nesta quarta-feira (27), a Prefeitura do Rio liberou o funcionamento de boates, casas de show e pista de dança, com 50% da capacidade. Estádios também já podem funcionar com 100% de capacidade, segundo um decreto publicado em Diário Oficial. A medida divide opiniões.

Atualmente, o município já ultrapassa a marca de 65% da população total vacinada. Com essa taxa, a Prefeitura já poderia liberar o uso de máscaras em ambientes abertos e sem aglomeração.

No entanto, a cidade ainda precisa esperar um decreto da Secretaria Estadual de Saúde com os parâmetros para flexibilização do uso de máscaras em cada município.

A medida deve ser publicada em Diário Oficial nesta quinta-feira (28). Por enquanto, o uso do equipamento segue obrigatório.

Com 75% da população totalmente vacinada, as máscaras só seriam obrigatórias na cidade do Rio em hospitais e nos transportes públicos. Todos os estabelecimentos poderiam voltar a funcionar com 100% da capacidade.

O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, fez um apelo nesta quarta-feira (27), para que as pessoas voltem aos postos para tomar a segunda dose.

Atualmente o número de pacientes internados com Covid-19 corresponde na cidade do Rio a 2,2% das internações da rede SUS.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU