TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Serviços recuam em outubro e registram dois meses seguidos de taxas negativas - Editoriais - Band News FM

Economia

Texto:
+
-

Serviços recuam em outubro e registram dois meses seguidos de taxas negativas

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (14) pelo IBGE

Por Ryan Lobo e Rafaela Cascardo, às 12:14 - 14/12/2021

00:00 / 00:00

Em outubro, o setor de serviços estava 2,1% acima do patamar de fevereiro de 2020 (Foto: Pixabay)

O volume de serviços no Brasil apresentou queda 1,2% em outubro em relação ao mês de setembro./ Os dados foram divulgados nesta terça-feira (14) pelo IBGE. Com o resultado, o índice acumula queda de 1,9% nos últimos dois meses. O recuo não elimina o ganho do período entre abril e agosto deste ano, mas reduz o distanciamento com relação ao nível pré-pandemia./ Em outubro, o setor de serviços estava 2,1% acima do patamar de fevereiro de 2020.
 
A queda aconteceu em quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para serviços de informação e comunicação e de outros serviços. As demais quedas vieram de serviços profissionais, administrativos e complementares e de transportes.

Por outro lado, as contribuições positivas mais importantes vieram dos setores de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio e informação e comunicação.

O motorista de aplicativo Antonio Duarte notou que realmente houve aumento na demanda de passageiros nos últimos meses.

Segundo o especialista em finanças públicas, Paulo Henrique Feijó, os números mostram que o país está retomando gradativamente os patamares anteriores à pandemia.

O acumulado nos últimos doze meses passou de 6,8% em setembro para 8,2% em outubro de 2021, mantendo a trajetória ascendente iniciada em fevereiro de 2021 e alcançando a maior taxa da série histórica, iniciada em dezembro de 2012. Já no acumulado do ano, o setor de serviços cresceu 11%, com altas em todas as cinco atividades e em quase 75% dos serviços investigados.

NEWSLETTER
OU