TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Variante brasileira representa 80% dos casos de Covid-19 na cidade do Rio - Editoriais - Band News FM

Coronavírus

Texto:
+
-

Variante brasileira representa 80% dos casos de Covid-19 na cidade do Rio

Após apresentar queda por oito dias seguidos, a fila por um leito de UTI para o tratamento da doença voltou a crescer no estado

Por Gustavo Sleman, às 12:14 - 17/04/2021

00:00 / 00:00

Dos cariocas infectados por essas cepas, 20 morreram, 13 permanecem internados e 150 se curaram (Foto: Divulgação | Governo do Estado)

A variante brasileira da Covid-19, também conhecida como P.1, é responsável por 80% dos casos confirmados da doença na cidade do Rio de Janeiro. A informação é do secretário municipal de Saúde Daniel Soranz. Já são 230 casos na capital fluminense, sendo 183 moradores do município. Destes, 175 casos são da variante brasileira e oito da britânica.

Dos cariocas infectados por essas cepas, 20 morreram, 13 permanecem internados e 150 se curaram. Dos contaminados pelas variantes que não são moradores do Rio, 24 vieram de Manaus e quatro de Rondônia. Em entrevista a BandNews FM, o secretário Daniel Soranz classificou a situação como preocupante. Ele atribuiu o aumento da internação de pacientes mais jovens devido ao avanço da variante P.1.

De acordo com o Ministério da Saúde, 200 profissionais começam, a partir da próxima semana, a trabalhar no atendimento de pacientes graves no Hospital Federal da Lagoa. Segundo a pasta, a medida vai permitir a abertura de 50 leitos de UTI na unidade.

Ainda segundo o Ministério, a alocação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas foi realizada por meio de um grupo de empresários. Os trabalhadores vão atuar por 60 dias no hospital. 

Após apresentar queda por oito dias seguidos, a fila por um leito de UTI para o tratamento da Covid-19 voltou a crescer no estado do Rio. Nesta sexa-feira (16), o número de pacientes que aguardavam uma vaga era de 307, enquanto na quinta (15) era de 280. A diminuição começou a ser registrada no último no dia 8, quando eram 643 pessoas aguardando uma transferência.

NEWSLETTER
OU